Sábado, 6 de Janeiro de 2007

Menino de rua

NAQUELA RUA ESTREITA E ESCURA

ROMPE A AURORA

O SOL JA ESPREITA , OS GALOS JA CANTAM

AS PESSOAS SAEM DE CASA PARA

O SEU LABOR DIARIO

OS FILHOS, ESSES TEMPORARIAMENTE

ABANDONADOS

LIMITAM-SE A BRINCAR

PARA ESQUECER A FOME

ELES DESCONHECEM O AMOR,

MAS SABEM O QUE É A POBREZA.

SAO CRIANÇAS TRISTES ,

SAO OS MENINOS DA RUA

DURANTE O DIA BRINCAM AO SOL

DE NOITE DORMEM COM A LUA ,

SAO CRIANÇAS QUE NAO

 SABEM CHORAR. E PARA QUÊ?

DE QUE IRIA ISSO ADIANTAR !

E NO FUTURO ESTARA

O ASPECTO DA DROGA , DA DELINQUENCIA .

AS SUAS VIDAS DESPERDIÇADAS

NUM MUNDO DE SOLIDAO

SEM QUE NINGUEM LHES ESTENDA A MAO ...

MAS TU QUE ES HOMEM ,

ES FORTE E SABES O QUE QUERES

VEM JUNTAR-TE A MIM

VEM DAR-ME UMA AJUDA

VAMOS FAZER ALGO PARA ESTES POBRES SERES

CONTRA O TERRIVEL DESTINO QUE É O DELES

VAMOS JUNTAR ESFORÇOS

PARA MUDAR O MUNDO

POIS BASTA A VONTADE

BASTA O QUERER DE CADA UM DE NOS

VAMOS SAIR EM BUSCA

DA FELICIDADE .........

sinto-me: MUITO FILIZ
publicado por poemas_e_poesias às 23:35
link do post | comentar | favorito

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. OS TEUS OLHOS

. pensamentos e frases diar...

. NAO EXISTE DIFICULDADES

. SER POETA

. NA MESMA RUA

. beijo com sabor subtil

. Menino de rua

. POESIAS QUEM NAO GOSTA

.arquivos

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds