Sábado, 20 de Janeiro de 2007

NA MESMA RUA

QUANDO MINHA MAE

ME DEU A LUZ, LOGO TE VI

PORQUE NA RUA ONDE

NASCESTE

TAMBEM EU NASCI :

NA MESMA RUA

CRESCEMOS , AMAMOS E SOFREMOS

PORQUE NAO RECEBI DE TI

O QUE O MEU CORAÇAO PEDIA

EM TROCA DO GRANDE AMOR

QUE POR TI SENTIA

NA MESMA RUA

SEMPRE MORASTE

MAS NELA NAO MORRESTE

QUIS O DESTINO QUE ASSIM

ACONTECESSE

NA MESMA RUA MORA

QUEM TAMBEM TE AMOU

CONTIGO CASOU E HOJE

CHORA !!!

 

sinto-me: +-
publicado por poemas_e_poesias às 12:41
link do post | comentar | favorito

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. OS TEUS OLHOS

. pensamentos e frases diar...

. NAO EXISTE DIFICULDADES

. SER POETA

. NA MESMA RUA

. beijo com sabor subtil

. Menino de rua

. POESIAS QUEM NAO GOSTA

.arquivos

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Novembro 2006

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds